Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Pesquisar



O Tempo

Pesquisa JURISprudência

hera.pngPesquisa de TODA a jurisprudência nacional e comunitária (publicada na net),
incluindo o DRe
 

 

 

Ajuda

Um artigo ao acaso: ARTIGOS DE FUNDO -
As calorias são o mais importante numa dieta

De acordo com um estudo, a perda de peso depende da ingestão calórica e não das proporções dos diferentes tipos de alimentos.

Apesar de se continuar a investigar por que é que algumas pessoas têm mais tendência que outras a ganhar peso, e até já se saiba que genes e factores bioquímicos estão envolvidos no processo, não há por enquanto uma pílula mágica que nos faça emagrecer e ao mesmo tempo nos permita comer o que queiramos (não o neguemos, esta é a aspiração de muitos).

Na vida moderna, a comida funciona também como um ansiolítico que não ajuda nada a manter a linha.

Dietas há muitas, desde as dietas mágicas que supostamente fazem perder peso, comendo tudo o que se queira de um só produto, até às dietas prescritas pelos especialistas.

Quase todas elas recomendam uma quantidade específica de proteínas, gorduras e hidratos de carbono.

Mas segundo sugere um estudo publicado há pouco no The New England Journal of Medicine a forma mais inteligente de perder peso é comer produtos sãos como os da chamada dieta mediterrânica (muita fruta e verdura, azeite de oliveira, pescado e um limitado consumo de carne vermelha) e reduzir a ingestão de calorias.

Quer dizer que o primeiro princípio da termodinâmica também se aplica a este assunto e que portanto não há milagres.

Segundo o estudo, a redução calórica e a ingestão de alimentos sãos para o coração ajuda a perder peso independentemente das proporções de um tipo ou outro de alimento.

O estudo foi realizado em 811 adultos obesos e com sobrepeso de idades compreendidas entre os 30 e 70 anos. Este conjunto foi dividido em quatro grupos e a cada grupo foi atribuído um tipo de dieta diferente.

 

  • Uma dieta era baixa em gordura e moderada em proteínas (20% gordura, 15%...
JURIS

É com prazer que abrimos este novo espaço de divulgação e comunicação.

Depressa se constatará como ele representa uma nova forma de estar. Quebrando as regras tradicionais, este sítio é interactivo.

Não se limita a ser lido ou a ser mais um local onde podem descarregar-se conteúdos.

Cada informação, cada notícia, pode ter a marca da sua intervenção. Directa. Imediata. Sem recurso a email. À distância de um clique pode estar a sua palavra feita opinião, sugestão ou recomendação, sempre que o entender.

No momento seguinte ela fará parte da alma deste sítio. Transparente e livre como nasceu.

 

 Maio de 2004

 
 


 

Data Venia

Data Venia - Revista Jurídica Digital

SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?

Fora com eles!
 
AdwCleaner
tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?
 
diarios_nacionais.png


PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password



  Crescer por crescer é a ideologia da célula cancerígena  Edward Abbey
^ Topo ^