Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Justiça Restaurativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar Dossier Europa

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar Barra JURIS

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar Nova Lei das Rendas

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Relax
Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password


SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
Arquivos do Fórum - Nacionais - Assunto n°9871
Assunto n°9871 Processos-crime também vão ser informatizados
    MM 20/07/2009 • 07:06
Processos-crime também vão ser informatizados. Conselho da Europa recomenda digitalização para consulta e envio de documentos por email.

Portugal já regista um elevado grau de informatização na área judicial, mas o sistema informático CITIUS deve alargar-se ao âmbito penal, dizem peritos europeus. É desejável, mas só será possível nos próximos quatro anos, afirma o secretário de Estado.

O mais recente relatório do Conselho Europeu para a Eficiência da Justiça (CEPEJ) - aprovado em meados de Junho - aponta os progressos realizados desde 2005 na informatização do sector e os ganhos obtidos com o CITIUS, mas também recomenda que, num futuro próximo, este sistema informático seja extensível aos processos-crime.

"É uma possibilidade referida: a extensão do CITIUS à parte penal. Consideramos desejável que aconteça, o calendário ainda não está estabelecido, mas será seguramente para a próxima legislatura", disse ao JN o secretário de Estado da Justiça.

João Tiago Silveira ressalva, contudo, que essa decisão só será tomada "quando estivermos suficientemente confiantes para dar esse passo e em conjunto com o Conselho Superior de Magistratura e a Procuradoria-Geral da República".[...] Jornal de Notícias


[ Voltar à lista de assuntos ]


  Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos.  Antoine de Saint-Exupéry
^ Topo ^