Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Multiculturalismo

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

Pesquisa JURISprudência

hera.pngPesquisa de TODA a jurisprudência nacional e comunitária (publicada na net),
incluindo o DRe
 
 
Ajuda

Um artigo ao acaso: ARTIGOS DE FUNDO - Não ao álcool e água oxigenada nas feridas

Ainda que se utilize muito no dia a dia o álcool e a água oxigenada para limpar feridas, oficialmente, desaconselha-se o seu uso. Em vez disso recomenda-se a aplicação de água e sabão e outros produtos mais tolerantes com os tecidos afectados.

Em toda a sociedade que se preze há sempre uma série de tradições sanitárias que se baseiam no costume e no imaginário.

Tradições que surgem pela falta de informação e por falsas crenças. Uma das crenças mais arreigadas da nossa sociedade é a célebre máxima, e não menos típica frase da avó, "o que arde, cura".

E assim, à base de "ai ai" e umas quantas "sopradelas" o álcool e a água oxigenada foram e continuam a ser os reis das feridas abertas na vida quotidiana, chegando mesmo a ter o seu momento de glória no âmbito médico. Glória, felizmente, passageira.

Quem não sofreu já o arder do álcool numa ferida recente? Quem não ficou com uma ferida vermelha e simplória transformada num pedaço de tecido espumante esbranquiçado depois de lhe deitar água oxigenada? Estas substâncias estiveram de tal forma unidas à nossa vida que quase poderíamos dizer que quem não as conheceu e com elas sofreu, não teve infância.

Venho aqui derrubar um mito (ou pelo menos tentar): a utilidade do álcool e da água oxigenada não só não é tão eficaz como se pensa, mas pode ser prejudicial e, oficialmente, o seu uso está desaconselhado em feridas abertas. Há alternativas muito mais eficazes.

Tanto o álcool como a água oxigenada são bons desinfectantes. Isto é, são capazes de eliminar uma boa percentagem de microorganismos (bactérias, vírus, fungos...) sobre superfícies, pele intacta e objectos.

Não são sequer produtos de...
Outras Notícias


JURIS

É com prazer que abrimos este novo espaço de divulgação e comunicação.

Depressa se constatará como ele representa uma nova forma de estar. Quebrando as regras tradicionais, este sítio é interactivo.

Não se limita a ser lido ou a ser mais um local onde podem descarregar-se conteúdos.

Cada informação, cada notícia, pode ter a marca da sua intervenção. Directa. Imediata. Sem recurso a email. À distância de um clique pode estar a sua palavra feita opinião, sugestão ou recomendação, sempre que o entender.

No momento seguinte ela fará parte da alma deste sítio. Transparente e livre como nasceu.

 Maio de 2004

 
 


 

 

 
 


DIVULGAÇÃO
SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password



  A medida do amor é amar sem medida  
^ Topo ^