Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Justiça Restaurativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar Dossier Europa

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar Barra JURIS

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar Nova Lei das Rendas

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Relax
Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password


SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
sujet.gifARTIGOS DE FUNDO - Crianças sobredotadas

Quem é sobredotado

Podem recitar poesias aos dois anos ou conhecer tudo sobre a vida dos moluscos apenas com sete. Mas uma criança sobredotada não é a «enciclopédia andante» que muitos têm ainda na cabeça. Quem é, realmente, um sobredotado? Existe um critério que defina um sobredotado como tal? Tradicionalmente associou-se a sobredotação a altas pontuações nos testes de inteligência e a resultados brilhantes.

Mas há matizes nesta definição. Segundo a Organização Mundial da Saúde o sobredotado é uma pessoa com um quociente intelectual igual ou superior a 130 (a média é de 80-120); o Ministério da Educação considera sobredotadas as crianças com este mesmo quociente intelectual que apresentam um nível de rendimento intelectual superior em numerosas aptidões e capacidades e que além disso aprendem com facilidade qualquer matéria ou área.

As crianças sobredotadas mostram inteligência extraordinária, grande capacidade de trabalho e elevado grau de criatividadeNa actualidade, a maioria dos especialistas prefere falar de talentos múltiplos, altas capacidades ou talentos específicos em diversas áreas como a música ou as matemáticas, mas durante muito tempo enfatizou-se o dado do quociente intelectual.

A chave, no entanto, está em três características, segundo assinala Alicia Rodríguez Díaz-Concha, presidente da Associação Espanhola de Pessoas Sobredotadas e com Talento: inteligência extraordinária, grande capacidade de trabalho e elevado grau de criatividade.

Os estudos sérios sobre sobredotação são muito recentes, os primeiros datam de começos do século XX; no caso de Espanha, segundo assegura Alicia Rodríguez, não fizeram mais que iniciar-se. E não se está de acordo sobre o que é a sobredotação, por isso as explicações estão determinadas pela particular orientação, filosofia, formação e experiências dos seus autores.

No entanto, em todos os modelos estão incluídos os três factores citados como determinantes, que Ranzulli utilizou pela primeira vez, no momento de definir uma pessoa dotada com uma inteligência superior à média. Agora acrescentam-se outras características como habilidade para a liderança, habilidade para as artes visuais e representativas e habilidade psicomotriz.

Pág. 1 de 3Personalidade e dessincronias >>



Criado em: 21/09/2006 • 11:56
Actualizado em: 21/09/2006 • 21:21
Categoria : ARTIGOS DE FUNDO


Imprimir Imprimir

Comentários


Comentário n°3 

isidro 18/08/2009 • 11:20

Claudia existe uma associação estatal..ANEIS..Associação Nacional para o estudo e Intervenção na Sobredotação..eles podem ajudar te..

Comentário n°2 

Webmaster 13/05/2007 • 23:39

Cláudia, nós não somos capazes de lhe dar a resposta que procura, porque não temos preparação técnica nesta área.

Quem poderá dizer-lhe se é sobredotada será talvez um psicólogo. Quando o souber, diga-nos, por favor. Nós também gostaríamos de saber.

Obrigado pelo seu comentário.

Comentário n°1 

claudia1234 29/04/2007 • 20:25

Olá, eu chamo-me Cláudia e tenho 13 anos e desde há uns tempos para cá que me interessou bastante o mundo dos sobredotados, sem qualquer razão aparente.

E por isso pesquisei muito sobre este assunto e qual não foi o meu espanto quando ao encontrar as características deste tipo de crianças, me enquadrei no perfil.Serei sobredotada?

Gostaria muito que me respondessem, visto eu estar numa situação tão complicada,. caso precisem de saber mais coisas a meu respeito(provavelmente) terei todo o gosto em as fornecer.


  No fim tudo dá certo. Se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim.  
^ Topo ^