Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Justiça Restaurativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar Dossier Europa

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar Barra JURIS

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar Nova Lei das Rendas

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Relax
Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password


SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
news_artigo.gifARTIGOS DE FUNDO III - Alho - 10 pequenas notas

Não só é indispensável para dar sabor a muitas receitas de cozinha como é também um aliado da saúde. E tem muitos benefícios.

1. É um antiséptico natural. Ajuda o corpo a combater bactérias, vírus e fungos e reforça o sistema imunológico.

2. Ajuda a reduzir o colesterol. Enquanto eleva os níveis de insulina do corpo. Isto ajuda a diminuir os níveis de açúcar.

3. Comer alho. Ajuda a prevenir o risco de cancro de cólon, cancro do recto e cancro do estômago. Mas deve ser alho cru e não em cápsulas.

4. Algo curioso ocorre com o alho: em estado cru serve para muitas coisas. Mas se se coze perde muitas destas propriedades mas potenciam-se outras. Por isso dependendo do benefício que procuremos teremos que o comer cru ou cozinhado.

5. O alho contém 2 substâncias chamadas aliina e alinasa. Quando estas 2 substâncias se misturam e combinam surge a alicina um poderoso anti-oxidante. De modo que quando cortamos ou esmagamos o alho estamos a criar um super aliado da saúde. Mas a alicina degrada-se muito rapidamente por isso deve ser ingerida rapidamente.

6. A alicina é destruída quando se cozinha o alho tanto em pedaços como esmagado. Mas surgem outras substâncias como são a adenosina e o ajoeno que ajudam a reduzir o colesterol e têm propriedades anti-coagulantes.

7. Se se desejar tomar em cápsulas há que ter em conta que algumas só utilizam alguns ingredientes do alho. Dá-se conta disto porque após a toma «não cheira a alho». As substâncias que são antibióticas são as que lhe dão o cheiro característico (quanto mais cheiro, mais alicina).

8. Alho vs pílulas anticoncepcionais: Muitas pílulas usam estrogénios. O corpo decompõe-no para eliminá-lo. O alho ajuda a eliminar o estrogénio mais rapidamente e reduz a eficácia das pílulas. Atenção, pois!

9. Após mastigar alho. Mastigam-se umas folhas de salsa e elimina-se o cheiro.

10. Algumas pessoas podem ser alérgicas ao alho. Se for ao dentista ou realizar uma cirurgia deverá talvez suspender a ingestão de alho devido às suas propriedades anti-coagulantes. Em algumas ocasiões deverá suspender o consumo de alho se estiver a tomar medicamentos. Consulte o seu médico.




Tradução JURIS - Artigo original

Criado em: 12/12/2011 • 13:15
Actualizado em: 24/04/2013 • 01:35
Categoria : ARTIGOS DE FUNDO III


Imprimir Imprimir

Comentários

Ainda ninguém comentou.
Seja o primeiro!


  Há duas palavras que abrem muitas portas: puxe e empurre.  Anónimo
^ Topo ^