Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Justiça Restaurativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar Dossier Europa

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar Barra JURIS

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar Nova Lei das Rendas

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Relax
Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password


SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
news_artigo.gifARTIGOS DE FUNDO - Veru gom Uísgue

Receita de peru com whisky

Ingredientes

1 garrafa de whisky - do bom, é claro!
1 peru de aproximadamente 5 Kg
Sal, pimenta e molho verde a gosto
350 ml de azeite extra-virgem
500 g de bacon em fatias
Nozes moídas

(se chorar a rir, pode estragar a receita)

Modo de preparar

Envolver o peru no bacon e temperá-lo com sal, pimenta e molho verde a gosto.

Massajá-lo com azeite. Aquecer o forno durante aproximadamente 10 minutos.

Beber uma boa dose (dupla) de whisky enquanto aguarda.

Colocar o peru numa assadeira grande.

Sirva-se de mais duas doses de whisky.

Ajustar o terbostato na marca 3, e, debois de uns binte bidutos, bonha para assassinar. Digu, assar a ave.

Beber bais uba dose de whisky.

Debois de beia hora, formar a baertura e controlar a asssadura do pato. Tentar zentar na gadeira, zervir-se de uooooootra dose boa de whisky.

Gozer (?), gosturar(?), gozinhar (?), sei lá, f***-se o beru.

Deixááár o vilho da buta no vorno bor ubas 4 horas. Tentar tirar a berda do beru de lá.

Bandar bais uba boa dose de whisky pa dentro.

Dendar nobabente tirar o cabrããão do beru do vorno, borgue na bribeira denndadiiiva dãão deeeeeeeuuuu.

Begar o beru que gaiu no jão, e enjugar o vilho da buta gom o bano de limparrr o jão e gologá-lo duba pandeja ou galguer outra borra, bois,avinal, vozê nem gossssssssta buito dessa berda de beru.

Bronto!

Criado em: 19/05/2009 • 22:33
Actualizado em: 19/05/2009 • 22:34
Categoria : ARTIGOS DE FUNDO


Imprimir Imprimir

Comentários

Ainda ninguém comentou.
Seja o primeiro!


  Do homem eminente podemos aprender mesmo quando se mantem em silêncio  Séneca
^ Topo ^