Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Justiça Restaurativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar Dossier Europa

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar Barra JURIS

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar Nova Lei das Rendas

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Relax
Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password


SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
news_artigo.gifCoisas e loisas da língua portuguesa - Vossemecê - podemos utilizar esta palavra em português?

Em rigor é possível utilizar a expressão "Vossemecê".

É uma forma antiga que se ouve ainda em algumas regiões de Portugal, sobretudo entre pessoas mais idosas.

"Vossemecê" tem como origem remota vossa mercê, vossemecê, vosmecê, voss'mecê, vomecê, vom'cê, vómcê, você.

Estas, as alterações ao longo dos tempos de "vossa mercê" até ao actual "você".

"Você", forma de tratamento mais comum, deverá ser substituída por "o senhor" ou "a senhora", sempre que houver necessidade de recorrer a um tratamento mais educado e delicado.

"Vossemecê" é uma forma de tratamento que se utilizava antigamente no meio rural. É utilizada como título de deferência, estima, gratidão ou amizade.

Concluindo, tanto "você" como "vossemecê" são formas correctas de tratamento.

Do programa Cuidado com a língua

Criado em: 09/04/2009 • 11:29
Actualizado em: 09/04/2009 • 11:31
Categoria : Coisas e loisas da língua portuguesa


Imprimir Imprimir

Comentários

Ainda ninguém comentou.
Seja o primeiro!


  Nenhum pássaro voa mais alto do que com as suas próprias asas  William Blake
^ Topo ^