Menu
Qui Quae Quod

Fechar Responsabilidade Social Corporativa

Fechar ARTIGOS DE OPINIÃO

Fechar Justiça Restaurativa

Fechar Multiculturalismo

Fechar Dossier Europa

Fechar ARTIGOS DE FUNDO

Fechar ARTIGOS DE FUNDO II

Fechar ARTIGOS DE FUNDO III

Fechar TENDÊNCIAS 21

Fechar CIBERDIREITOS

Fechar No gesto da procura

Fechar Os erros do ditado

Fechar Para ler e deitar fora

Fechar O canto dos prosadores

Fechar UTILITÁRIOS

Fechar Apresentações

Fechar Barra JURIS

Fechar CANCIONEIRO de Castelões

Fechar Coisas e loisas da língua portuguesa

Fechar DIVULGAÇÃO DE LIVROS

Fechar Delitos Informáticos

Fechar Encontros

Fechar JURISPRUDÊNCIA

Fechar Livros Maravilhosos

Fechar MANUAL DE REQUERIMENTOS

Fechar NeoFronteras

Fechar Nova Lei das Rendas

Fechar O canto dos poetas

Fechar Vinho do Porto

Fechar Workshops

Relax
Pesquisar



Visitas

   visitantes

   visitantes online

PREFERÊNCIAS

Voltar a ligar
---

Nome

Password


SOS Virus

Computador lento?
Suspeita de vírus?
Fora com eles!
AdwCleaner

tira teimas!
--Windows--

Já deu uma vista de olhos pelas gordas de hoje?


Desde 2004
news_artigo.gifCANCIONEIRO de Castelões - O modo de saudar

Nota introdutória nossa - Ao singelo "bom dia!" a que hoje respondemos com outro "bom dia!", correspondia em tempos passados diversas formas de o fazer. É isso que aqui se regista.
Ao S corresponde a Saudação, ao R a Resposta.









S - Deus le dê muito bôs dias
Quem doravante for vivo
Caminha prás noites frias;
Trabalhai e puxai por esse corpo,
Qu'eu também puxei no meu tempo
E, pelo poder de Deus,
É que m'eu chamo Bento;
E a gente quando tem fome,
Quer meter alguma coisa pra dentro.
R - Bôs dias le dê o senhor.

S - Benza-vos Deus.
R - Venha com Deus.

S - Benza aqui Deus tudo cá ji adentro.
R - Benzó Deus tamém.

S - Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.
R - Para sempre seja louvado.

S - Salve-o Deus.
R - O Senhor o ajude.

S - Adeus senhor Fulano.
R - Benha cum Deus.

S - Como está? Passou bem?
R - Bem, obrigado. Como está?

S - Bom dia.
R - Bom dia.

S - Boa tarde.
R - Boa tarde.

S - Como está?
R - Obrigado, bem felizmente.

S - Está bom?
R - Muito obrigado, estou bem.

S - Adeus.
R - Adeus.

S - O senhor vos ajunte.
R - A você que num o desimpare.
(esta saudação só se dirige aos namorados)

S - Adeus, hóme.
R - Até logo.

S - Adeusinho.
R - Até à vista ou até mais ver.


Criado em: 07/11/2008 • 13:23
Actualizado em: 08/11/2008 • 08:08
Categoria : CANCIONEIRO de Castelões


Imprimir Imprimir

Comentários

Ainda ninguém comentou.
Seja o primeiro!


  A confiança é um quadro que pintamos todos os dias para torná-lo mais transparente  Lourenço Dias Almeida da Silva
^ Topo ^